12 dicas para tornar sua empresa mais sustentável

Para novos tempos é preciso adotar novos posicionamentos. E isso é verdade também para o universo da gestão! Na era do desenvolvimento sustentável, reduzir, compartilhar e inovar são palavras de ordem. E esse posicionamento não beneficia somente o meio ambiente, viu? Diante de tantas calamidades climáticas, desmatamentos, extinção de espécies e esgotamento de recursos naturais, a sociedade passa a cobrar atitudes mais responsáveis também das instituições. Por isso é que estar alinhado ao meio ambiente se tornou pré-requisito para o sucesso de qualquer negócio!

Que tal seguir essa nova forma de fazer gestão e ter mais competitividade no mercado? Então confira agora mesmo nossas dicas para tornar sua empresa mais sustentável! Vamos lá?

Avalie a empresa

Para conhecer o impacto que seu negócio gera ao meio ambiente, é preciso mapear todas as etapas de suas atividades de rotina. Com um planejamento melhor, é possível traçar metas para minimizar, compensar ou até mesmo eliminar impactos negativos. O consumo desenfreado de energia elétrica, água e combustível, bem como o descarte inadequado de materiais podem ser alguns dos primeiros itens verificados. Pronto para começar?

Esteja em dia com a legislação

Para sua empresa ter um discurso ético, antes é preciso verificar se suas práticas estão de acordo com a legislação ambiental. Um bom serviço de consultoria pode ajudar os funcionários da sua empresa com o alinhamento, mantendo todos atualizados em relação às exigências legais aplicáveis ao negócio. Dessa forma, fica bem mais simples evitar quaisquer sanções e verificar o que ainda está pendente para providenciar a devida resolução.

Promova treinamentos

De que adianta ter gerentes perfeitamente informados sobre os procedimentos corretos se as equipes estão desorientadas quanto ao que precisa ser feito? Então invista em treinamentos, workshops e cursos para que seus colaboradores saibam como agir em situações emergenciais, de que forma podem diminuir os impactos ambientais e como mensurar os resultados nas novas práticas de trabalho.

Ligue o botão da proatividade

Para se destacar perante a concorrência e inovar de vez no mercado, você precisa criar projetos voluntariamente. Nesse sentido, é possível formar parcerias e apoiar ações que contribuam com a solução dos problemas com os quais seu negócio se solidariza — como a recuperação de ecossistemas, a reciclagem ou a capacitação de comunidades carentes, dentre outras diversas possibilidades.

Implemente alternativas

Acredite: pequenas substituições já podem fazer uma grande diferença. Lâmpadas tradicionais podem ser trocadas por LED, aparelhos antigos podem dar lugar a equipamentos atuais, com o selo Procel de eficiência de energia, papéis comuns podem ser trocados por versões recicladas e por aí vai. Mas atenção: é importante fazer pesquisas antes da implantação de qualquer medida, de forma a serem avaliados também os custos e a efetividade das soluções propostas.

Diminua o uso de descartáveis

Além de incentivar que embalagens de isopor sejam trocadas por vasilhas reutilizáveis, substituir os famosos copinhos descartáveis por canecas personalizadas não só ajuda o meio ambiente como também levanta a autoestima das equipes, sabia? Você pode pedir que cada time personalize suas canecas com frases criativas, por exemplo, fortalecendo a identidade coletiva dos colaboradores.

Reduza o consumo de água

Pequenas mudanças na infraestrutura da empresa podem ajudar significativamente na economia de recursos hídricos do dia a dia. Torneiras temporizadoras podem ser instaladas em todas as pias, bem como arejadores, restritores e reguladores de pressão, que ajudam reduzir o consumo de água. Plaquinhas informativas lembram os colaboradores de fechar as torneiras na hora de ensaboar as mãos ou escovar os dentes, bem como conscientizam sobre o descarte correto de absorventes íntimos e papel higiênico nos banheiros, por exemplo.

Incentive os transportes alternativos

É fato: sistemas de carona entre colegas, transporte público e, principalmente, o uso de bicicleta ajudam a diminuir a emissão de carbono no ambiente. Então que tal incentivar seus colaboradores a adotarem esses meios de transporte oferecendo um programa de bônus, prêmios ou cortesias para almoços e shows, por exemplo?

 

post-1

Escolha fornecedores sustentáveis

Pense bem: de nada adianta reduzir o consumo de papel em sua empresa se a produção do que você comercializa conta com matérias-primas de origem duvidosa, contamina o meio ambiente e prejudica o desenvolvimento de comunidades carentes. Por isso, procure contar com uma cartela de fornecedores compromissados com o meio ambiente, o direito dos trabalhadores e o padrão de qualidade em geral. Assim você também fortalece a cadeia de produção em seu segmento! Como mostraremos a seguir, certificações facilitam essa escolha.

Corra atrás de selos e certificações

Selos e certificações asseguram ao consumidor que você está agindo corretamente, bem como atraem parcerias também em busca de um relacionamento melhor com o meio ambiente. O selo Carbono Neutro, da Idesam, por exemplo, busca neutralizar a emissão de carbono com o plantio de árvores nativas da floresta amazônica. Com isso, reservas são beneficiadas com novas mudas e a atenção de equipes de pesquisadores, estabelecendo uma conexão entre as empresas certificadas e a proteção do ambiente. Dentre as empresas certificadas está a 99, estendendo o selo ao 99Corporativo. Seu negócio depende do uso de táxis? Pois ele pode colaborar com a proteção de nosso maior patrimônio: a biodiversidade.

Gere energia verde

Você já pensou em economizar com a conta de energia elétrica e, ainda por cima, beneficiar o meio ambiente? Aproveite a alta incidência de raios solares em nosso país e instale painéis solares em sua empresa! E não vale usar os custos iniciais como desculpa, porque eles são rapidamente recompensados pela economia de energia, ok?

Reduza antes de pensar em reciclar

Adotar a reciclagem é um dos conselhos mais difundidos na busca por uma produção mais respeitosa com o meio ambiente. Mas devemos nos lembrar que a política dos 3Rs, pilar para o uso mais inteligente de recursos naturais, é composta por verbos dispostos na sequência certa. Assim, temos: reduzir, reutilizar e reciclar. Por isso, antes mesmo de pensar na reciclagem de materiais, procure reduzir o uso de recursos, reutilizando-os sempre que possível. O papel é um ótimo exemplo. Antes de imprimir, reflita: esse documento precisa mesmo ser impresso? O relatório pode ser enviado por e-mail a todos os interessados? E se a impressão for imprescindível, considere usar folhas de papel reciclado!

Com estatísticas tão preocupantes em relação ao meio ambiente, tomar ações para diminuir os impactos negativos de nossas atividades se torna uma tarefa cada vez mais urgente. Além disso, adotar uma postura mais sustentável é também uma forma de dialogar com as tendências do mercado e manter a competitividade do negócio. Preparado para começar desde já a refletir e a promover mudanças em prol do meio ambiente?

Por último, não deixe de compartilhar nossas dicas com seus colegas de trabalho pelas redes sociais e ajudar a espalhar essa ideia! Com mais pessoas conscientizadas ficará ainda mais fácil encontrar soluções criativas!

Veja Também

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.