Lean Startup: conheça a origem do conceito que ajudará sua empresa a crescer com mais economia

O conceito de Lean Startup, também conhecido em português como Startup Enxuta, foi criado pelo empreendedor tecnológico Eric Reis, do Vale do Silício, criador do livro que leva o termo como título. Entre as principais características dessa estratégia, está a economia de recursos ao direcionar e buscar o crescimento da empresa apenas com os materiais e softwares já existentes.

Se crescimento e a economia são duas palavras que ganham espaço na sua empresa ou startup, este artigo é para você! Confira mais a seguir:

O que é Lean Startup?

Como dito anteriormente, o conceito foi criado pelo empreendedor Eric Reis e foca na economia de recursos, mas outros fatores também são muito importantes nessa forma de trabalho, como o acerto e o erro. A ideia é corrigir frequentemente as falhas, aperfeiçoando processos, a fim de atender cada vez mais a expectativa do consumidor e do mercado.

Como aplicar o conceito Lean Startup na minha empresa?

Entre as principais técnicas deste conceito, estão os testes. Que podem ser de produtos, serviços e hipóteses, sempre com o foco em chegar a níveis maiores. O tempo determinado médio para essas tentativas é de três meses. Abaixo, veja um exemplo desse processo:

  1. Teste se o preço de um produto novo é adequado ao mercado

Está lançando um produto novo? Coloque alguns exemplares à venda para testar se o preço está realmente condizente com o mercado.

  1. Produto minimamente viável

A ideia é testar hipóteses sem ter que gastar muito. Por exemplo, quer investir na venda de um produto online? Antes de criar um site robusto, com banco de dados e linhas de programação, crie uma pequena galeria virtual com os produtos que deseja vender e analise a quantidade de consumidores. Assim saberá se a ideia é minimamente viável e se o investimento será válido.

  1. Testes A/B

Nesses testes, a ideia é estudar o comportamento do seu consumidor oferecendo diferentes versões de um mesmo produto. Compare o comportamento dos grupos que compram cada um deles.

  1. Pivô

O pivô é manter a base do seu negócio, mas dar uma pausa para analisar novas oportunidades dentro dele. Nessa experiência será possível analisar os seguintes cenários:

  • Transformar em principal produtos aquelas opções que eram apenas uma parte do negócio;
  • Adaptar o seu produto de forma mais eficaz aos targets;
  • Mudança de plataformas de atuação;

Gostou do conteúdo? Comente sua opinião e experiência sobre Lean Startup nos comentários deste artigo!

Precisando de mais economia e praticidade no transporte corporativo? Conheça a 99 Empresas e encontre a solução para o seu empreendimento, independentemente do tamanho dele. Clique e confira.

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.