dois-homens-fazendo-planejamento-em-painel

O que é planejamento operacional e como ele pode reduzir riscos e evitar crises

Por trás de toda empresa bem-sucedida estão a organização e a estratégia, pois antes de se alcançar as metas é preciso saber como chegar até elas e traçar as rotas para isso.

No artigo de hoje, iremos explicar o que é planejamento operacional e o porquê esse tipo de ferramenta é tão importante para o dia a dia de empreendimentos de todos os ramos de atuação e, claro, dar dicas de como fazer um! 

Então, vamos expandir o conhecimento?  Confira a seguir.

O que é planejamento operacional?

Relacionado diretamente à operação, esse tipo de planejamento tem foco na conclusão de objetivos relacionados à rotina e tem papel fundamental na delegação dessas tarefas e prazos.

Ele é a base da pirâmide dos planejamentos táticos e estratégicos (feitos por gerentes, líderes e diretores) e tem prazos menores, além de concentrar as responsabilidades na equipe operacional e técnica.

Esse tipo de plano operacional ajuda a ter uma visão mais clara do dia a dia e seguir diretrizes, missões e valores da empresa em cada pequena atividade, além de deixar os gestores e as equipes bem integradas e cientes dos prazos e metas, o que ajuda a evitar crises.

Receba Dicas Exclusivas Para Ter Mais Crescimento Na Sua Empresa!

Como fazer um planejamento operacional eficiente?

O processo de planejamento operacional passa comumente por três etapas. Sendo elas muito importantes para o sucesso dessa ferramenta. Confira.

  • Análise de metas

Quais metas e objetivos o seu planejamento visa alcançar? O que irá mudar na operação da empresa?

  • Definição de prazos

Em quanto tempo os objetivos serão atingidos? Esse é o momento de montar um cronograma para gerenciar as metas e definir os prazos de entrega de cada atividade, mudanças de processos etc.

  • Orçamento necessário

Levante todos os custos necessários para colocar o planejamento operacional em atividade. Lembre-se de incluir todas as pessoas envolvidas, setores, materiais e gastos extras do período desse plano operacional (geralmente feito pensando no prazo de um ano).

  • Termômetro de riscos

Avaliar os riscos também é essencial em qualquer tipo de ação feita na empresa, no planejamento operacional essa recomendação não é diferente. Considere cenários em que tudo dará errado, outros em que parte das metas foram atingidas e outros em que tudo deu certo. 

A partir dessas hipóteses, avalie os possíveis prejuízos e lucros. Crie sempre planos conservadores (com metas e mudanças possíveis), principalmente ao se pensar em orçamento, assim se algo sair do controle os prejuízos não serão tão grandes.   

Veja mais: Como elaborar um planejamento estratégico?

Qual a importância do planejamento operacional?

Tarefas fora do prazo, custo da operação aumentando e a produtividade caindo. Você já passou por uma situação assim ou teme passar?

O planejamento operacional serve justamente para evitar esses cenários ou minimamente poder prevê-los e fazer com que os riscos e impactos sejam menores.

Com ele é possível estabelecer de forma clara pontos importantes, como orçamento, dividir responsabilidades das tarefas, projetar as metas e ter com clareza o que precisará ser feito na rotina de atividade da empresa dentro do prazo de um ano.  Ainda assim, faça revisões a cada seis meses.

Gostou do conteúdo? Continue por aqui e acompanhe os melhores artigos sobre o tema no Blog. Sua empresa tem transporte para funcionários? Clique aqui e descubra uma forma de economizar e gerenciar esse benefício de forma inteligente com a 99 Empresas.

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *