letreiro-luminoso-motivacional

Teoria Herzberg: conheça os fatores que geram motivação em sua equipe

Seu time é motivado? Você sabe como seus colaboradores se sentem em relação ao ambiente de trabalho, salário, reconhecimento e cargos que ocupam? Foi aplicando metodologias de perguntas e respostas que o americano Frederick Irving Herzberg, psicólogo e professor empresarial, criou a chamada “Teoria dos Dois Fatores”, muito conhecida como “Teoria de Herzberg”, apresentada em seu livro “Motivação para Trabalhar”, que teve a primeira publicação em 1959.

Agora você deve estar se perguntando o que há de atual em um assunto publicado há mais de 60 anos? A resposta é: tudo! A motivação e a satisfação são pilares bases de qualquer empresa e têm relação direta com a produtividade e sucesso em empresas de todos os segmentos. No artigo de hoje, vamos conhecer mais sobre essa metodologia criada por Herzberg e formas de medir esses sentimentos na equipe. 

Como funciona a Teoria Herzberg (Teoria dos dois fatores)

Como o próprio nome diz, essa teoria se desdobra em dois fatores sendo eles:

Fatores motivacionais

Aqui estão incluídos os fatores que podem motivar os colaboradores de forma real como por exemplo, responsabilidade sobre o trabalho, liberdade para executar suas tarefas e rotinas de trabalho, feedbacks constantes, valorização e uso de suas habilidades individuais e estipulação de metas.

Receba Já Dicas Para Ter Melhores RESULTADOS Na Sua Empresa!

De acordo com Herzberg e sua teoria, esses são os fatores capazes de aumentar a produtividade e sentimento de satisfação no time e estão ligados às funções de trabalho do colaborador.

Fatores higiênicos

Esses são fatores ligados à empresa e que não dependem exclusivamente dos colaboradores e nem tem relação direta com o trabalho atribuído a eles. Se ausentes, os fatores higiênicos podem causar insatisfação e desmotivação, mas a sua presença não é capaz de gerar motivação por si só. Eles estão relacionados ao ambiente e práticas da empresas. Alguns deles são: salários, relacionamentos com a equipe, benefícios, clima da empresa, chances reais de carreira e crescimento.

Comparando satisfação e insatisfação na teoria de Herzberg

Podemos concluir que os fatores que levam à insatisfação estão ligados diretamente ao ambiente da empresa e às políticas adotadas e seguidas por ela, sendo assim esses são fatores higiênicos.

Enquanto os fatores que causam satisfação estão relacionados diretamente ao trabalho diário de um colaborador, por exemplo, se ele recebe uma promoção, se sente que está sendo útil e responsável com o seu trabalho, se sente que é reconhecido etc.

Estudando a minha empresa com a teoria de dois fatores

Antes de mais nada, é preciso entender que cada empresa vive um cenário diferente, apesar das semelhanças. Encontre pontos de insatisfação específicos dentro de cada tópico com seus colaboradores. Revise os planos de carreira e a participação ativa dentro da empresa. Dessa forma, você garantirá um time mais participativo e motivado.

Você usa transporte corporativo na sua empresa? Saiba como a 99 Empresas pode oferecer uma opção ágil, segura e mais econômica* para todos os funcionários da sua empresa. Clique aqui e saiba como.

 *Em comparação com os custos de manutenção de uma frota própria.

Veja Também

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.