Homem com barba volumosa e camisa salmão está sentado à mesa olhando para a tela de um celular, ao seu lado há um rapaz de camisa branca e boné vermelho, que aparentemente presta atenção em alguma explicação dada. Ao fundo há um grupo de três mulheres. Elas estão olhando para um jornal segurado por uma delas. O cenário é um escritório.

Aprenda a usar o táxi corporativo como ferramenta de gestão

Como gerir um negócio da melhor maneira possível? Essa pergunta é feita, dia após dia, por empreendedores, lideranças e gestores de empresas de todos os portes e das mais diversas áreas de atuação pelo mundo afora. Afinal de contas, o sucesso de uma companhia não está ligado apenas ao produto ou serviço que ela oferece, mas também à sua organização e à forma como é conduzida. Portanto, para alcançar uma gestão de excelência, é preciso contar com as melhores ferramentas, aquelas que transformarão planejamento e políticas em práticas diárias para a redução de custos e o aumento da produtividade e da qualidade do atendimento.

Neste post, vamos mostrar que o táxi corporativo como ferramenta de gestão é um importante aliado para a empresa otimizar não só o uso de seus recursos financeiros, mas também o tempo dos seus empregados. Duvida? Então continue lendo!

Faça as contas

Umas área estratégica da sua empresa é o RH. Os profissionais de Recursos Humanos estão ali para gerenciar tudo o que diz respeito à sua equipe, organizando folhas de pagamento, ajudando a solucionar conflitos trabalhistas e cuidando de processos como contratação e demissão, além até do reembolso de funcionários.

Mas você sabe quais são os principais gastos realizados pelo RH? Pois certamente estarão no topo da lista a folha salarial, seguida pelos encargos trabalhistas, logo em seguida vindo o pagamento de reembolso de funcionários — especialmente os referentes ao deslocamento por táxis e gastos com viagens corporativas.

Reduzir esse custo, portanto, pode poupar uma quantia enorme de dinheiro para sua empresa. Por isso é tão importante contar com uma política de viagens corporativas e substituir o serviço convencional de táxis por um especializado em atendimento a empresas.

Reduza os custos

Na prática, quando falamos em boa gestão, falamos em ações que reduzirão os custos da empresa sem impactar na qualidade dos produtos ou serviços que oferece ao público. Escolher um bom serviço de táxi corporativo, portanto, é um bom exemplo de ação gerencial de excelência.

Nesse sentido, o primeiro ponto que deve ser destacado é bem simples: corridas de táxi são mais baratas para pessoas jurídicas que para pessoas físicas. Afinal, boa parte de todo o gasto com táxis no Brasil sai diretamente do caixa das empresas para cobrir o deslocamento de seus funcionários. É por isso que taxistas, cooperativas e startups especializadas nesse tipo de transporte fazem o maior esforço possível para atrair e reter clientes corporativos. E um dos principais chamarizes é, claro, o preço, além das formas de pagamento.

Os descontos para empresas podem chegar a 40% do valor da corrida avulsa e os gestores ainda têm a opção de escolher pacotes de serviços compatíveis com o porte do seu negócio. Assim, tanto empreendimentos pequenos, com gasto reduzido com deslocamentos de funcionários, quanto grandes companhias, que precisam arcar com mais despesas de transporte, podem conseguir valores favoráveis para suas corridas de táxi.

 

post-1

Otimize seu tempo

Gerir bem é, sim, economizar dinheiro, mas não só. Também é preciso fazer o tempo dos seus funcionários render. Para isso, diminuir atrasos, evitar esperas excessivas e garantir o cumprimento de demandas no prazo certo são ações que transformam tempo ocioso em minutos (ou mesmo horas) muito mais lucrativos.

Também nesse quesito é preciso destacar os serviços de táxi corporativo, que primam pela celeridade em atender suas demandas. Afinal, ninguém quer que seu funcionário se atrase para uma reunião com um cliente importante porque o táxi chamado por telefone demorou meia hora para chegar à sede da empresa, certo?

O segredo para um deslocamento rápido está em 2 fatores: uma boa interface de atendimento e um grande número de táxis à disposição. A 99, por exemplo, conta com 70% de toda frota brasileira, com 100 mil profissionais cadastrados em sua plataforma. Por isso, seu serviço B2B, o 99Corporativo, garante que, com apenas 2 cliques, um táxi esteja pronto para levar sua equipe em no máximo de 5 minutos.

Melhore seu controle

Até aqui já falamos que gerir bem é cortar custos e otimizar o tempo. Mas também é ter controle sobre tudo o que acontece na sua empresa, abrindo possibilidades para que o gestor detecte problemas e trace novos objetivos estratégicos.

Um dos grandes problemas dos serviços convencionais de táxi, mesmo aqueles baseados na emissão de vouchers de papel, é justamente a falta de controle que proporcionam. No fim das contas, ninguém sabe quantas viagens foram reembolsadas pela empresa, qual o volume total de gastos dessas corridas e, ainda, quais foram os trajetos realizados pelos taxistas durante a prestação do serviço.

Felizmente, a tecnologia veio para mudar esse panorama! Contanto com um serviço de táxi corporativo, você pode receber todas essas informações em tempo real, acessíveis por meio de qualquer dispositivo tanto por funcionários como pelas lideranças. Com informações de qualidade em mãos, fica mais fácil traçar um planejamento estratégico para seus deslocamentos corporativos.

Aumente a segurança

Um último aspecto que não pode ficar de fora do nosso post sobre o uso de táxi corporativo como ferramenta de gestão diz respeito a um assunto normalmente bastante delicado dentro das empresas: a possibilidade de fraudes no momento do reembolso. Infelizmente, vouchers de papel podem ser facilmente adulterados para que os funcionários recebam uma restituição maior que a real.

Por outro lado, como falamos no tópico anterior, plataformas criadas para o serviço de táxi corporativo são acessíveis em tempo real por qualquer dispositivo móvel, disponibilizando relatórios completos das viagens para o controle dos gestores. Assim é impossível adulterar o valor das corridas.

Além disso, o funcionário não tem nenhum acesso ao valor que é pago ao taxista, uma vez que a cobrança é feita diretamente pelo aplicativo, em um conta virtual segura. Assim, nem o funcionário precisa pagar o taxista com dinheiro próprio, para ser futuramente reembolsado, nem a empresa precisa fazer qualquer tipo de adiantamento em dinheiro para esse fim.

E aí, ficou convencido de que o táxi corporativo como ferramenta de gestão é uma realidade mais que vantajosa? E como você provavelmente não vai querer parar por aqui, chegou a hora de aprimorar seus dotes de gestor e trazer mais economia e eficiência para sua empresa. Comece conhecendo nosso guia para economizar com táxi, transporte e viagens corporativas!

Veja Também

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.