Como deixar de ser o chefão para se tornar um líder inspirador

Sai a posição de chefão e entra a liderança corporativa, que tem um papel de ser facilitador no relacionamento com os colaboradores. Sua função não deve ser somente dar ordens, mas sim motivar sua equipe para um objetivo em comum: o bem e o crescimento da organização.

A velha figura do chefe mandão e do olhar amedrontador, que por muito tempo esteve nas empresas mais tradicionais (e botava medo nos funcionários quando eram chamados de canto para uma conversa particular), precisa ser substituída pela do líder encorajador(a), inteligente e admirado(a) pela equipe.

Mas claro, ser um líder reconhecido pela equipe é um trabalho de esforço diário e, se você chegou até esse texto, nós fazemos questão de ajudá-lo. Vamos lá, grande líder! É hora de conhecer a liderança corporativa além do conceito.

Acredite no potencial da equipe

Um líder bem-sucedido conta com uma  série de talentos em seu time que devem ser aproveitados da melhor forma para o bem da organização.

Se você faz o tipo que não delega ou não confia as tarefas gerenciais para ninguém, confere o tempo todo o trabalho dos seus colaboradores, talvez seja hora de rever o seu modo de liderança corporativa.

Ofereça o treinamento necessário e confie nas responsabilidades designadas a cada um deles, dizendo claramente o que espera. Lembre-se: um bom líder precisa ser um bom distribuidor de tarefas, isso faz parte de trabalhar em equipe!

Linguagem corporal e liderança

O corpo fala o tempo todo e não é possível fazer com que ele se cale. Portanto, mesmo que a sua empresa seja mais despojada, algumas posturas de linguagem corporal ainda são essenciais. Confira:

  • Tronco

Ao falar com o seu time, não curve as costas para frente, principalmente se o assunto forem as metas. Ninguém irá confiar em um líder que demonstra cansaço. Mantenha o tronco levemente inclinado para trás, assim você passará uma imagem de maior vigor.

  • Olhos

Mantenha o olhar atento ao colaborador que estiver falando com você. Se estiver ocupado no momento, peça que aguarde e fale olhando para ele. Responder olhando para a tela do celular ou computador, além de ser mal-educado, pode passar a ideia de que seu funcionário ou o que ele está dizendo não é importante para você.

  • Pernas

Em uma reunião ou quando estiver em sua mesa de trabalho, evite bater o pé no chão ou mexer as pernas com inquietação. Esse hábito demonstra ansiedade e/ou insegurança.

Ouvidos atentos e ego no bolso

Muitos líderes não aceitam críticas ou sugestões (e é difícil que eles aceitem esse fato), podendo até reagir muito mal quando recebem algum feedback de seus subordinados. Esse é um erro grave no processo de liderança corporativa.

Um bom líder deve evitar nutrir um ego extremamente alto e escutar as sugestões de seus liderados. Muitos problemas aparentemente sem solução podem vir de uma conversa amigável com sua equipe.

É simples, comece o dia perguntando para o time sobre os processos da sua empresa e como eles poderiam ser melhorados. Faça isso esporadicamente e é bem provável que conheça ótimas ideias.

Bronca ou feedback positivo?

Responda com sinceridade, o que tem mais chance de ir para frente: algo que promovemos/levantamos ou algo que puxamos? A pergunta pode parecer estranha a princípio, mas essas palavras são importantes. ‘Puxar a orelha’ dos seus colaboradores o tempo todo pode ter um efeito muito oposto ao do que você espera.

Dar feedbacks que promovem os pontos positivos da sua equipe ajudará na motivação até mesmo para corrigir alguma tarefa que não esteja sendo executada da melhor forma.

Por exemplo: “Escute João, você separou aqueles arquivos muito rápido, pensei que você iria tomar mais tempo fazendo isso. Mas veja só, você acabou esquecendo de incluir um dos arquivos que eu havia colocado na lista. Tome mais cuidado da próxima vez”.

É claro, alguns erros são graves e outros superficiais. Em alguns momentos será preciso ser mais incisivo para fazer compreender a responsabilidade de falhar em algo importante. Mas evite sair por aí puxando orelhas sem motivo, inclusive, isso é só força de expressão hein! Todo mundo fica melhor com orelhas saudáveis. 

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.