painel-canvas-parede

Canvas: como fazer um plano de negócios dinâmico na sua empresa com essa ferramenta

Se você sempre quis saber mais sobre o Canvas, como fazer um e aplicar na sua empresa esse artigo é especialmente para você! A ferramenta que ganhou notoriedade nos últimos anos foi desenvolvida pelo suíço Alexander Osterwalder e Yves Pigneur no livro ‘Business Model Canvas’, que criou a possibilidade de colocar um plano de negócios em uma única tela ou página. (Inclusive a própria palavra ‘Canvas’ significa tela)

O Canvas pode ser usado por empreendedores que já têm um negócio estruturado e querem revisar analiticamente os passos ou por quem está começando agora. Então, independentemente da fase da sua empresa, confira o poder dessa criação que traz uma alternativa muito mais visual e dinâmica para acompanhar o seu plano de negócios.

Canvas: como fazer e entender na prática?

Esqueça as dezenas de palavras difíceis que serão pouco usadas e serão arquivadas em um único documento extenso em alguma gaveta empoeirada do escritório.

Com o Canvas a ideia é levar as informações para um quadro de fácil visualização, que pode ser impresso ou no computador (No Excel, por exemplo). Ele divide o plano de negócios em nove pontos-chave, que são:

  1. Segmentos de clientes;

Quem são seus clientes? É hora de conhecer o perfil deles e esmiuçar quem é seu público-alvo. Conheça as características socioeconômicas e a região em que eles se localizam.

  1. Proposição de valor;

Quanto vale o seu produto/serviço? Não estamos falando só de dinheiro literalmente, mas sim do valor que é entregue aos clientes. Sua empresa está atendendo as necessidades? Está resolvendo as ‘dores’ dos clientes? – neste espaço esses questionamentos são essenciais.

  1. Canais;

Como sua empresa está chegando até o consumidor? Liste todos os canais usados, quais deles dão mais certo e o custo de cada um.

  1. relacionamento com clientes;

O relacionamento com o cliente é um fator de grande importância para toda empresa. Sejam ações em massa ou algo mais personalizado, é importante pensar sempre em como estreitar o relacionamento e manter uma boa ponte com o seu consumidor. Mais uma vez, independentemente das alternativas escolhidas mensure o quanto está sendo gasto.

  1. Fontes de renda;

De onde estão vindo os maiores proventos da sua empresa? E quais são todas as fontes de renda? Quanto o cliente está disposto a pagar por cada produto? Neste quadro, entram todas a questões relacionadas a esses tópicos.

  1. Recursos-chave;

Quanto está sendo gasto para manter a sua empresa de pé? É hora de pensar nisso e colocar na ponta do lápis todos os recursos que são necessários para produzir ou realizar os serviços aos clientes.

  1. Atividades-chave;

Quais são as principais atividades da sua empresa? O quanto de receita essas atividades movimentam e como estão os relacionamentos com os consumidores?

  1. Parcerias-chave;

Defina os potenciais parceiros, fornecedores e o que cada um deles está entregando ou pode entregar para a empresa. Qual a relação deles com as atividades-chave?

  1. Estrutura de custos;

É hora de priorizar os valores, quais os custos mais caros do seu modelo de negócios? Quais podem ser considerados os principais e vitais para a sobrevivência do empreendimento?

Agora que você já sabe como fazer um Canvas coloque em prática! Como dito anteriormente, faça em uma grande folha de papel ou no Excel. Atualize sempre que necessário, a ideia é ficar sempre em contato e revisando esse plano de negócios!

Clique abaixo e descubra mais formas de INOVAR na sua empresa:

Otimize e inove seu negocio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.