Mulher vestida com camisa social está sorrindo. Atrás dela está uma janela por onde entra raios solares. Perto da janela há seis livros encostados na parede.

Gestão de PME: o que é preciso para gerar o crescimento do negócio?

Abrir o próprio negócio é um desafio tanto quanto uma satisfação. Trabalhar com algo de que realmente gosta, além de ter total autonomia sobre os processos, pode ser muito gratificante para vários profissionais. Porém, a gestão de PME logo mostra como pode ser difícil fazer uma empresa crescer no mercado. Com a grande concorrência existente e as dificuldades para administrar um negócio, algumas empresas acabam fechando as portas no primeiro ano de vida.

Para evitar esse fim, você, enquanto dono da empresa, deve toma uma série de atitudes para melhorar as suas chances de sucesso. Mesmo que você tenha um modelo que funciona até o momento, precisará fazer alguma mudança se quiser aumentar seu rendimento. E uma boa gestão de PME é o ponto certo para começar.

Veja aqui 7 atitudes que você pode tomar para melhorar sua pequena empresa e fazê-la crescer:

1. Esteja presente nas mídias sociais

A internet é hoje o maior meio de comunicação do mundo. Muitas pessoas estão conectadas a maior parte do dia graças aos aparelhos mobile. E as redes sociais são o principal foco de toda essa atenção. Isso quer dizer que há sempre uma parcela considerável do seu público acessando e compartilhando informações nessas mídias.

Ao focar parte da sua gestão de PME no marketing digital das redes sociais, você aumentará a presença da sua marca e de seus produtos no mercado. E quanto maior for a sua presença, mais familiar sua empresa será para os consumidores. Com o tempo, isso vai se refletir na preferência do público e, claro, no seu faturamento.

2. Otimize processos operacionais

Controle de estoque, ponto de funcionários, agenda de pedidos e atendimentos, controle financeiro, todas tarefas básicas e extremamente necessárias para a empresa. Porém, você deve concordar que elas consomem muito tempo de trabalho e quase sempre são apenas repetições de procedimentos — nada que demanda de fato intervenção humana ou pensamento crítico.

Parte do trabalho de gestão de PME envolve eliminar ou reduzir essas tarefas menores. Utilizando sistemas e softwares automatizados, boa parte desse trabalho passa a ser realizado muito mais rápido e com menor custo para a empresa. Sem falar na possibilidade bem menor de uma máquina cometer um erro. É um investimento pequeno diante do total de tempo que pode ser economizado.

3. Busque e conheça o seu público

É impossível agradar a todos os gostos. Isso é fato já conhecido há muito tempo, especialmente pelos vendedores. Não restringir demais sua base de clientes é uma atitude importante, mas é impossível tentar atrair todos os públicos. Por isso, sua gestão de PME deve ser focada em um grupo específico. Ou, melhor dizendo, o seu público específico.

Esse grupo pode ser baseado em vários parâmetros: idade, gênero, localidade etc. Cabe a você determinar quais são os fatores mais relevantes e encontrar uma maneira de alcançar esse público. Uma forma simples seria fazer pesquisas de mercado, entrevistando consumidores e vendo o que eles realmente desejam em seus serviços. Com isso, você poderá elaborar estratégias para captar esses clientes com mais facilidade.

4. Tome decisões com base em dados

Um erro que muitos empreendedores iniciantes podem cometer em sua gestão de PME é tomar decisões baseadas exclusivamente no seu “feeling”. Apesar de ser verdade que muitas empresas de sucesso nasceram a partir de uma ideia que foi contra as estatísticas, essa é a exceção, não o caso comum. E tenha certeza de que hoje em dia esses empresários baseiam a maior parte de suas atitudes em estudos.

Reunir informações é algo básico para garantir o sucesso de uma empresa. Se você não tem evidências para sustentar seus planos, pode ser que comece a esbarrar em vários obstáculos, perdendo recursos e tempo. Ao fazer sua gestão de PME, estude o mercado e faça pesquisas antes de promover grandes mudanças.

5. Capacite os funcionários

Cursos de extensão e treinamentos, mesmo nas pequenas e médias empresas, também são sua responsabilidade. Pode parecer um gasto com o qual você não pode arcar a princípio, mas na verdade é uma das melhores formas de investimento. Um funcionário capacitado pode ser até duas vezes mais produtivo. Ainda mais se for especializado. E é provável que algumas tarefas demandem expertise sobre alguma área específica.

Ao desenvolver sua gestão de PME, coloque na conta o quanto você ganhará por investir na sua equipe. E com uma atitude positiva diante dos seus colaboradores, você pode reter funcionários mais talentosos, que continuarão aumentando a qualidade do serviço e crescendo junto com a empresa.

6. Encontre o seu diferencial

Hoje em dia, não basta mais para uma empresa ter um serviço ou produto bom. Ele precisa ser excelente e único. Com cada vez mais empresas atendendo dentro dos mais variados setores, é necessário que haja algo para te destacar nesse mar de ofertas. Esse seria o seu diferencial competitivo, algo que você possui e que mais ninguém pode oferecer da mesma maneira.

Como responsável pela gestão de PME, você precisa encontrar e trabalhar o diferencial da empresa. Pode ser um produto único, uma forma de atendimento mais eficiente e personalizada, alguma qualidade de segurança etc. O importante é que o público reconheça essa qualidade na sua empresa e que isso te destaque diante da concorrência. Quase sempre, essa é a diferença entre ser escolhido pelo público ou ser só mais um.

7. Corte custos com serviços terceirizados

Muitos serviços extras, como transporte e limpeza, também são necessários para manter uma empresa funcionando. Porém, ao trabalhar com a gestão de PME, logo você perceberá que administrar e contratar esses serviços pode gerar um custo muito alto. Seria muito mais prático poder delegá-los para outra empresa, não é? Pois bem, isso é possível.

Certos serviços a serem contratados por fora, como deslocamento em táxis, podem sair muito caro para a empresa. Porém, se você utilizar um serviço específico, como um pacote de corridas de táxis corporativos, poderá cortar boa parte do custo. O mesmo vale para outras coisas, como alimentação e limpeza.

Agora que você sabe como melhorar sua gestão de PME, é hora de começar a aumentar a rentabilidade dos seus negócios. Gostou de nossas dicas? Então compartilhe este artigo em suas redes sociais e mostre aos seus contatos como é possível ampliar a capacidade de uma pequena empresa.

Veja Também

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.