Homem em sua mesa de trabalho mexendo no celular, com computador, jornal, café e outros acessórios

Gestão do conhecimento pode ajudar a sua empresa a crescer

Sua empresa não é somente o que produz e vende. Há diversos processos intangíveis por trás de cada operação e que valem muito! Cada ação está repleta de conhecimento ou de informações que, se bem sintetizadas e interpretadas, podem trazer benefícios à organização.

No artigo de hoje vamos falar sobre a importância do capital intelectual e como a gestão do conhecimento está se tornando algo cada vez mais necessário para todo empreendimento que busca o sucesso. Quer saber mais? Então preste atenção a seguir e saiba por que aproveitar todo conhecimento gerado nas empresas é importante!

O que é a gestão do conhecimento?

Para Peter Drucke, conhecido como o pai da administração contemporânea, a gestão do conhecimento é a capacidade que as empresas têm de classificar, mapear, multiplicar, reter e distribuir o conhecimento de forma que ganhem vantagem competitiva frente às outras e consigam crescer.

Tá bom, agora que você já sabe a definição, deve estar pensando: “Legal, mas o que isso quer dizer?”. Pode parecer complexo, mas na verdade não é. Talvez você já tenha algum processo iniciado deste tipo de gestão na sua empresa.

Por exemplo, quando você envia a sua equipe para fazer um curso ou um treinamento que irá garantir a aquisição de novos clientes ou que irá melhorar a entrega ao consumidor final, isso é uma espécie de gestão do conhecimento.

Mas é importante frisar que fazer a gestão do conhecimento de fato é sistematizar esses processos e entender quais ações tomar ou em qual aprendizado investir, a fim de que a organização funcione melhor, aumente seu lucro ou se torne mais competitiva.

Gestão do conhecimento nas organizações de forma prática

Um bom exemplo de gestão do conhecimento é quando o setor de RH da empresa contrata os colaboradores com base nas experiências anteriores e não foca só nas habilidades técnicas, mas também nas chamadas soft skills (Já falamos delas aqui no blog). Para fazer uma boa gestão do conhecimento é preciso investir em tecnologias que armazenem dados e permitam a comunicação ou a consulta de dúvidas de forma rápida.

Há empresas que usam métodos de inteligência coletiva ao disponibilizar formas de comunicação para que seus funcionários possam falar com outros colaboradores, mesmo que estes estejam em partes do mundo diferentes. Desta forma, podem trocar experiências, unir conhecimentos e resolver os problemas ou criar estratégias eficientes de forma mais fácil.

Quais os tipos de gestão de conhecimentos nas empresas?

Bem, até aqui vimos que a gestão do conhecimento deve começar principalmente com a organização das informações da sua empresa. Sem a organização você não terá conhecimento de fato, mas, sim, somente informação. Na gestão do conhecimento há alguns principais fatores. São estes:

  • Inteligência Competitiva: Conheça o mercado, encontre as tendências e crie análises e estratégias que podem revelar oportunidades. Crie um mapeamento capaz de reduzir os riscos ou apresentá-los por meio de metodologias bem estruturadas que tragam simulações da sua atuação.
  • Educação Corporativa: Esta acontece por meio da cultura corporativa. É importante criar processos e fazer com que todos conheçam e sigam os valores da organização e, assim, vistam a camisa!
  • Gestão das Competências: Crie de forma sistemática quais as competências cada setor e cada colaborador precisam ter para fazer a empresa avançar. Ofereça a capacitação necessária para que essas competências sejam adquiridas.
  • Gestão do Capital Intelectual: Encontre inteligências nos processos criados e desenvolvidos pela sua empresa. Organize os históricos de estratégias que tiveram êxito e como as crises foram solucionadas, assim será possível fazer a gestão do conhecimento da sua organização.
  • Gestão da Informação: Organize e estruture todas as informações da sua empresa que podem ser importantes na tomada de decisões. Isso pode evitar a escolha de caminhos errados!
  • Aprendizagem Organizacional: Aprenda com os erros e continue sempre buscando soluções. A melhoria precisa estar sempre em foco em cada processo no meio corporativo.

Gostou do conteúdo? Sua empresa já aplica a gestão do conhecimento? Comente sobre o tema e quais são as experiências da sua organização!

Já que o assunto é conhecimento, que tal conhecer uma solução de qualidade e econômica para o transporte corporativo? Estamos falando da 99 Empresas! Acabe com a papelada do reembolso e ainda poupe recursos financeiros. Clique aqui e descubra como isso é possível!

Veja Também

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.