Uma mão está desenhando em um quadro negro com giz i. No quadro estão interrogações e cifrões.

Saiba como acompanhar o Retorno sobre Investimento de um projeto

O mercado cada vez mais competitivo exige uma postura inovadora das empresas: é muito importante conseguir se diferenciar dos concorrentes, entregando produtos e serviços com qualidade superior e preço acessível. E, justamente por isso, é fundamental que cada investimento da organização seja bem aproveitado e tenha impacto nos resultados finais. Nesse cenário, o indicador ROI, sigla para Retorno sobre Investimento, se configura como uma ferramenta indispensável para o sucesso.

Neste artigo vamos entender o que é o ROI, como acompanhar esse retorno dentro dos processos e investimentos da sua empresa e, principalmente, como essa decisão pode ter grande impacto nos resultados, seja ao final de um mês ou um ano.

Se você está procurando maneiras de deixar a sua empresa mais competitiva e eficiente, essa leitura é para você!

Como otimizar processos

Otimizar processos e alcançar melhores resultados em cada uma das etapas de trabalho deve ser uma preocupação constante de todos os gestores da empresa. Afinal, muitas vezes a diferenciação está nos detalhes, e pode ser fundamental para a organização conseguir bons resultados a partir de um investimento, mesmo que ele não seja vultoso em termos absolutos.

É exatamente por isso que salientamos a importância de pensar na empresa de forma sistêmica e integrada: muitas vezes, conseguir uma economia considerável em um setor relativamente simples pode ter um impacto muito maior do que o esperado.

É o caso do transporte de colaboradores, por exemplo. Se você colocar na ponta do lápis, pode notar que os valores gastos nesse processo estão representando grande parte dos custos variáveis da empresa, e uma escolha mais eficiente e adequada, como um aplicativo de táxi corporativo, pode trazer mudanças significativas no fim do mês.

Portanto, lembre-se: cada escolha é fundamental na otimização dos processos. Cuide sempre dos detalhes.

A importância dos indicadores de desempenho

Pensando em alcançar melhores resultados sempre, é essencial que os gestores encontrem alternativas eficientes para acompanhar o desempenho da empresa, nas mais diversas áreas. E é justamente aí que entram os indicadores de desempenho, também chamados de KPIs, sigla que deriva do inglês Key Performance Indicator.

São medidas, como o ROI, que auxiliam os gestores a verificar se a empresa está caminhando na direção desejada, cumprindo metas, otimizando processos e crescendo.

Várias métricas podem ser utilizadas nesse contexto, de acordo com as necessidades e especificidades da sua empresa. Entretanto, independentemente do seu tipo de negócio, um indicador que deve ser sempre acompanhado é o Retorno sobre Investimento. Ele traz uma visão ampla sobre cada investimento que está sendo realizado pela organização, servindo como parâmetro para indicar o que tem funcionado melhor e o que precisa passar por transformações.

ROI: Retorno sobre Investimento

Como já mencionamos, o Retorno sobre Investimento está entre os indicadores mais importantes para qualquer organização. Uma de suas principais vantagens é o fato de ele poder ser aplicado para as mais diversas áreas, nas mais variadas escalas de grandeza.

Ou seja, o ROI pode dar informações importantes tanto sobre a compra de um equipamento novo quanto sobre pequenas economias diárias que fazem a diferença no final.

O que é?

Antes de mais nada, é extremamente importante entendermos o conceito de Retorno sobre Investimento. Trata-se de uma nomenclatura amplamente utilizada no mercado, assim como a sua sigla ROI (do inglês Return on investment).

O indicador ROI serve para que o gestor consiga entender o quanto determinado investimento foi interessante para a organização, mostrando se ele trouxe lucro ou não, e se os ganhos obtidos a partir daquela decisão se justificam em um quadro geral.

Em outras palavras, o cálculo do Retorno sobre Investimento permite que a organização consiga mensurar o que fatura e o que investe, para perceber mais objetivamente se os resultados dos projetos e transformações adotadas estão sendo positivos para a empresa.

Calcular o ROI regularmente é uma ótima estratégia para que a sua empresa adeque as metas comerciais, mantenha a equipe motivada e consiga sempre aumentar as vendas e lucros, ao mesmo tempo em que corta despesas desnecessárias ou exageradas. Por isso, vamos aprender como fazer?

Como calcular?

O cálculo do Retorno sobre Investimento pode ser feito com uma fórmula extremamente simples. Tudo o que você precisa saber é qual o valor que foi gasto em determinado projeto ou estratégia e qual o retorno financeiro que essa ação trouxe para a empresa.

Então, é preciso subtrair o ganho alcançado a partir do investimento do próprio investimento inicial, dividindo esse resultado pelo investimento inicial. A fórmula é:

ROI = (Ganho – investimento) / investimento

Vejamos um exemplo: se com determinada ação que custou R$100.000,00 a sua empresa ganhou R$500.000,00, você deve subtrair o ganho do investimento, o que resulta em R$400.000,00, dividindo pelo investimento. Assim, o resultado final é 4.

Um ROI 4 para determinada ação indica que o retorno foi de 4 vezes o investimento inicial.

É importante notar que não existe uma definição de qual o valor ideal para o resultado. É claro que é fundamental que a medida seja positiva, indicando que os ganhos foram maiores que o investimento, mas o indicador final varia de acordo com o tipo de ação ou projeto que está sendo avaliado.

Por isso, é importante conhecer o seu negócio para perceber se os resultados estão de acordo com as expectativas e indicando o crescimento desejado.

Quando utilizar?

O cálculo do Retorno sobre Investimento pode ser utilizado nas mais diversas situações dentro da organização, desde campanhas de marketing, pesquisas tecnológicas até a compra de um novo equipamento, passando inclusive pelos custos com transporte de colaboradores. O ROI permite, por exemplo, que você entenda que o uso de uma empresa de táxi corporativo pode compensar muito mais que a aquisição ou manutenção de uma frota particular.

O mais importante aqui é conhecer as necessidades da sua empresa e entender como os cálculos de Retorno sobre Investimento podem ser úteis para otimizar o resultado. Tenha sempre em mente que não se trata de uma métrica para ser usada somente em grandes investimentos, pois ela também funciona muito bem no dia a dia.

Avalie constantemente os rumos dos investimentos do seu negócio e, com isso, consiga resultados cada vez melhores. Pode ter certeza: uma boa utilização do Retorno sobre Investimento na rotina da empresa tem um impacto muito positivo.

E você? Já usa essa técnica na sua empresa? Compartilhe a sua experiência e impressões deixando seu comentário!

Veja Também

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.